Notícias

Saque do PIS poderá ser feito só com a identidade

Saque do PIS poderá ser feito só com a identidade

pispasespprevidencia

O calendário de saques das cotas do PIS/Pasep deverá ser divulgado até a próxima sexta-feira, de acordo com a data de nascimento dos idosos.

As retiradas serão entre outubro de 2017 e março de 2018. A idade mínima que dá direito ao benefício foi reduzida de 70 para 62 anos, no caso das mulheres, e 65 dos homens, por meio de uma medida provisória editada em agosto.

O pagamento é feito pela Caixa Econômica (para iniciativa privada) e pelo Banco do Brasil (para servidores públicos). Ontem, uma resolução publicada no Diário Oficial da União (DOU), autoriza o saque apresentando apenas um documento oficial com foto. Nesse caso, o comprovante de inscrição nos dois fundos só será necessário caso os dados apresentados não permitam a identificação da conta.

Para quem tem conta no Banco do Brasil ou na Caixa, o depósito será automático, sem que o correntista precise solicitá-lo. Terão direito ao saque apenas pessoas que contribuíram para o Pasep ou o PIS até 4 de outubro de 1988 e que já não tenham efetuado o resgate total de seus saldos.

Segundo o Ministério do Planejamento, em junho de 2016, o saldo médio por cotista era de R$ 1.187. A maioria das pessoas tem pelo menos R$ 750 a serem resgatados. Quem começou a contribuir depois de 4 de outubro de 1988 não tem recursos a sacar. O governo chegou a anunciar que a medida beneficiaria 7,8 milhões de trabalhadores, mas cerca de quatro milhões já haviam completado a idade de 70 anos e poderiam efetuar o saque. Mas de acordo com o Ministério do Planejamento, agora, eles terão que aguardar o calendário.
Fonte : Jornal Extra

< Voltar