Notícias

Pena maior para morte no trânsito

Pena maior para morte no trânsito

transitoacidente

Os motoristas vão ter que redobrar a sua atenção no trânsito. É que a Câmara dos Deputados aprovou um projeto de lei que aumenta para até oito anos a pena de prisão para o motorista que, dirigindo alcoolizado, provocar a morte de alguém no trânsito.

O projeto é de autoria da deputada Keiko Ota (PSB) e já havia sido aprovado pelo Senado Federal.

Agora, a matéria terá que ser sancionada pelo presidente Michel Temer para virar lei no país.

O texto da parlamentar já previa o aumento da pena para entre quatro e oito anos de prisão para motoristas que praticam homicídio culposo (sem a intenção de matar) sob efeito de drogas ou álcool.

Mas, no Senado Federal, foi incluída uma emenda que aumenta ainda mais a pena. Passou para cinco a oito anos de prisão. E pior : em regime fechado.

Não é só isso. O projeto aprovado no Congresso aumenta a pena mínima de quem for pego dirigindo nestas condições de seis meses para um ano — a máxima se mantém em três anos.

Fonte : Jornal Extra

< Voltar