Notícias

Idosos e deficientes passarão por revisão do INSS em casa

Idosos e deficientes passarão por revisão do INSS em casa

insslogo

O INSS intensificará, ainda este ano, as revisões no Benefício de Prestação Continuada (BPC), destinado a idosos e deficientes de baixa renda.

Segundo o Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), o pente-fino começará com a visita de assistentes sociais do INSS aos deficientes, para constatar a necessidade de recebimento do auxílio. Atualmente, 4,47 milhões de pessoas recebem o benefício.

No ano que vem, o MDS revisará os BPCs pagos aos idosos, que também receberão a visita de assistentes sociais. O ministério estima uma economia inicial de R$ 670 milhões com o cancelamento de pagamentos irregulares. No início do processo de revisão, o MDS já encontrou irregularidades em 60 mil benefícios assistenciais. Desses, 17 mil eram pagos a pessoas que já morreram, e os cortes geraram economia de R$ 190 milhões.

Em outro cruzamento de dados, foram identificados 43 mil beneficiários que recebem o auxílio mesmo tendo renda superior ao valor estipulado para fazer parte do programa. O instituto exige que a renda do grupo familiar seja menor do que um quarto do salário mínimo vigente por pessoa, ou seja, R$ 234,25.

Ainda segundo o MDS, a revisão contará com o cruzamento de informações de vários bancos de dados , para verificar eventuais irregularidades. O primeiro passo, com a visita dos assistentes sociais, será incluir os dados dos beneficiários no Cadastro Único (CadÚnico), obrigatório para quem recebe benefícios pagos pelo governo federal.

Fonte : Jornal Extra

< Voltar