Notícias

Cobrança de energia vai mudar em janeiro

Cobrança de energia vai mudar em janeiro

contadeluzlampada1

A partir de 1º de janeiro de 2018, consumidores poderão aderir a uma nova modalidade de tarifa para o pagamento de energia elétrica. Na virada do ano, entrará em vigor a chamada tarifa branca, que será oferecida por distribuidoras de energia de todo o país. A nova modalidade vai baratear a conta para quem consumir energia fora dos horários de pico. O consumidor interessado é quem deverá pedir adesão ao novo modelo. A distribuidora precisará trocar o medidor.

Inicialmente, a tarifa somente estará disponível para quem consome acima de 500kWh por mês. Em 2019, para quem consome menos do que isso e, em 2020, para todos os consumidores.

As distribuidoras de energia estão preocupadas com a nova modalidade. As empresas afirmam que poderão ter prejuízos, já que serão obrigadas a oferecer energia mais barata das 22h às 17h.

De acordo com Nelson Leite, presidente da Associação Brasileira de Distribuidoras de Energia Elétrica (Abradee), vai haver perdas para as distribuidoras do país.
“Se todos que aderirem vão pagar menos, vai haver uma perda de receita das distribuidoras e, naturalmente, isso vai provocar um desequilíbrio do contrato de concessão”, disse ao “G1”.

Ele afirmou que as empresas terão que pleitear o reequilíbrio dos contratos de concessão nos processos de revisão tarifária.

Fonte : Jornal Extra

< Voltar