Notícias

Bilhete Único : renda deverá ser declarada

Bilhete Único : renda deverá ser declarada

bilheteunicorecomendomuito

Usuários do Bilhete Único Intermunicipal (BUI) são alertados desde segunda-feira, pelas máquinas de recarga do sistema, sobre as mudanças nas regras de utilização do benefício.

O cartão — cuja tarifa unitária integrada subiu de R$ 6,50 para R$ 8, no dia 1º de janeiro — agora é restrito a moradores do estado que tenham renda mensal de até R$ 3 mil.

A informação sobre a adequação à faixa salarial passará a ser exigida para a aquisição do BUI ou no ato da recarga feita pelo solicitante.

As empresas cujos funcionários usufruem do Bilhete Único Intermunicipal deverão informar a faixa de renda de cada um de seus empregados, especificando se ganham mais ou menos do que R$ 3 mil.

Assim, o sistema calculará o custo do vale transporte ao empregador, considerando ou não o benefício na tarifa subsidiada pelo governo do estado. Já aqueles que adquirem os próprios créditos deverão fazer uma autodeclaração de sua faixa de rendimentos.

As alterações no sistema que solicitarão a declaração de renda deverão ser feitas pela Secretaria de Transportes logo após a regulamentação das medidas — o que deverá ocorrer nos próximos 15 dias.

O sistema possibilita a utilização de até duas viagens diárias (ida e volta), composta por duas integrações (sendo, no mínimo, um transporte intermunicipal integrado com outro sistema) feitas em até três horas, sendo cobrado o máximo de R$ 8.

A Secretaria de Transportes informou que ainda avalia formas de cruzar dados para confirmar a faixa de renda dos usuários.

Fonte : Jornal Extra

 

< Voltar